domingo, 20 de março de 2011

Síndrome do Superman!

Olá a todos!

A vida corporativa tem proporcionado inúmeros desafios aos executivos durante esses últimos tempos!

Na esteira dessa realidade, executivos tem ganho destaques positivos ou negativos por um simples motivo: o acúmulo de funções!

O mercado tem olhado com muito carinho lideres que possuam conhecimento, habilidade e atitude (o famoso “CHA”), isto é, COMPETÊNCIA!

Esses executivos são disputados a “peso de ouro” e após a sua contratação intensamente cobrados, inclusive, nos finais de semana!

Nunca é demais lembrar que esses super executivos são seres humanos que necessitam reservar um período para cuidar da sua saúde e de seu bem estar pessoal.

Tais cuidados são indispensáveis para o equilíbrio e o sucesso do desenvolvimento de qualquer atividade.

Dito isso, os executivos devem se manter atentos para não serem sugados pela “Sindrome do Superman”!

Um forte abraço!

Roberto Goldstajn

2 comentários:

  1. Ola Roberto
    Parabens pelo tema escolhido por ser de extrema sutileza e delicadeza.
    Sabemos que Super Homem é um personagem de ficção, assim como Papai Noel e Coelho da Pascoa.
    Cada um acredita ou veste a capa se quiser.
    O mundo de hoje, avido por sucesso a qualquer preço, esquece que os homens são frageis e sujeitos a dores de todos os tipos e aqueles que acreditam carregar a capa de Super, pagam um preço caro.
    Muitas vezes de dores fisica, como contraturas musculares, principalmete no pescoço e costas.
    O mais interessante que é onde a tal capa imaginaria se deposita. Deve ser o peso da tal capa!!!!! Capa esta que esta em lugar das exigencias do mercado de trabalho e nas preocupações em corresponder as expectativas que acreditam estar sendo cobrados.
    Que tal pensar no alivio em tirar a tal capa? E assim poder ser homem comum, com suas capacidades e limitações?
    eijos
    Miriam Halpern
    Psicologa, Psicanalista e Docente da SBPSP

    ResponderExcluir
  2. Miriam
    Muito obrigado pela contribuição!
    Abraços

    ResponderExcluir